VOLTAR

Incêndio que atinge a Serra de Sabonetal, no Norte de Minas, é controlado

G1 - http://g1.globo.com/
Autor: Juliana Peixoto
14 de Ago de 2017

Informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente; uma equipe está no local, nesta segunda (14), monitorando e fazendo o rescaldo da área.

O incêndio que atinge a Serra de Sabonetal, em Pedras de Maria da Cruz, no Norte de Minas, já está sob controle. A informação foi confirmada ao G1 pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, que explicou que uma equipe está no local monitorando e fazendo o rescaldo da área atingida, nesta segunda-feira (14); ainda há tocos em brasas.

"Ainda não foi possível estimar a área atingida porque, neste primeiro momento, todos os esforços foram pra controlar o incêndio. Ainda não se sabe como o fogo começou, mas foi um brigadista da Unidade de Conservação que identificou os primeiros focos", explicou o Gestor Ambiental da SEMAD, Frederico Rodrigues Moreira.

Profissionais da Unidade de Conservação, brigadistas, voluntários e uma equipe de piloto e tripulantes da Polícia Militar combatem as chamas que começaram na sexta-feira (11). No combate, foram utilizadas bombas costais, abafadores e foice, e um helicóptero do IEF, que fez o transporte da equipe no local e realizou 48 lançamentos de água nos três dias de combate.

"O local é de difícil acesso, por isso, o deslocamento dos brigadistas com o apoio da aeronave. Estamos no período de muita seca e as pessoas da área rural têm o hábito de usar o fogo para fazer a limpeza da área; a nossa orientação é que não sejam realizadas queimadas e, casos específicos, têm de ter autorização ambiental", reforça a coordenadora da sub-base do Previncêndio de Januária, Nailma de Sá Porto.

http://g1.globo.com/mg/grande-minas/noticia/incendio-que-atinge-a-serra…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.