VOLTAR

ICMBio e WWF realizam expedição ao Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br
27 de out de 2011

Durante oito dias uma equipe formada por três analistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e um jornalista do WWF-Brasil percorreram o entorno do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, a maior Unidade de Conservaão federal do Brasil localizada no Amapá. São 3,8 milhões de hectares de área no bioma Amazônia, o correpsondente a 27% do território do Estado.

O objetivo da viagem foi conhecer as necessidades da região e as oportunidades para desenvolver e apoiar projetos que contribuam para a conservação ambiental da unidade de conservação, seu entorno e as comunidades que vivem próximas a ela. A equipe percorreu a distância de 1500 quilômetros de carro e de barco, enfrentando estradas de terra e trechos de rio de difícil navegação, até chegar ao entorno do parque.

Marcela de Marins, chefe substituta do parque nacional e moradora de Serra do Navio desde 2003, explicou que é preciso que a população entenda o que é o parque, qual o seu papel e quais benefícios ele pode gerar.

"Pelo fato do Parque estar num lugar muito isolado, ele fica um pouco distante das pessoas, e elas não o conhecem muito. Nós temos que adotar uma estratégia para mudar um pouco a visão das pessoas em relação à natureza. Não precisamos usar todos os recursos até o fim. É possível procurar uma forma de ter desenvolvimento com o parque no município. A idéia é mostrar que não são coisas incompatíveis", completou a gestora.

Os destinos visitados foram os municípios de Oiapoque e Serra do Navio, portas de entrada do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, e Vila Brasil, um vilarejo localizado dentro do parque.

O roteiro da excursão foi extenso. De Brasília a Macapá foram aproximadamente 2.500 km de avião com 4 horas de viagem; de Macapá até a Serra do Navio foram mais 200 km feitos em uma caminhonete 4x4 durante 4 horas; de Serra do Navio até Oiapoque a equipe percorreu mais 650 km em caminhonete 4x4 por 12 horas; e do Oiapoque até a Vila Brasil foram de voadeira por mais 6 horas de viagem.

http://www.icmbio.gov.br/comunicacao/noticias/4-geral/2215-icmbio-e-wwf…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.