VOLTAR

Ibama aborta registro de latifúndio grilado

Correio Braziliense
19 de dez de 1996

O Ibama abortou a tentativa de uma empresa de engenharia registrar 500 mil hectares de terras griladas em Altamira, Pará, como área de RPPN.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.