VOLTAR

Helicóptero do Exército no suporte aos índios-eleitores

Tudo Rondônia - www.tudorondonia.com
04 de out de 2008

No município de Guajará-Mirim, existem as aldeias de Rio Negro Ocaia e Santo André. O tempo de deslocamento é de 4 dias de navegação. Nesses povoados há 640 eleitores indígenas

Para atender os mais de 1 milhão de eleitores no Estado de Rondônia, várias providências estão sendo tomas pela Justiça Eleitoral rondoniense. Existem localidades de difícil acesso, sendo que em muitas somente é possível chegar através dos rios, após alguns dias de navegação.

No município de Guajará-Mirim, existem as aldeias de Rio Negro Ocaia e Santo André. O tempo de deslocamento do centro urbano de Guajará até essas aldeias é 4 dias de de navegação. Nesses povoados há 640 eleitores indígenas.

Considerando a grande dificuldade que a Justiça Eleitoral enfrenta para oportunizar a esses eleitores o direito ao voto, desde as últimas eleições (2006) foi necessário uso do transporte aéreo para se deslocar até essas regiões.

Nas eleições de 2008, mais uma vez, a Justiça Eleitoral usa esse tipo de locomoção. O helicóptero (foto) das Forças das Armas tipo HJJ foi destacado para Guajará para fazer o transporte. A aeronave saiu do solo do aeroporto de Guajará-Mirim rumo às referidas aldeias às 15 horas desta sexta-feira (3). O helicóptero levou técnicos do TRE, mesários, policiais e 4 urnas eletrônicas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.