VOLTAR

Há 4 anos jesuíta alertava Funai

O Estado de São Paulo
22 de jan de 1974

O missionário jesuíta Antonio Iasi Junior reiterou ontem, em Cuiabá, as restrições que faz à presença do sertanista Antonio Campinas entre os kranhacãrore. Informou que, já em 1969, enviou carta ao extinto Departamento de Assistência da Funai alertando o órgão para os perigos que poderiam advir da contratação de Campinas para a frente de atração dos beiço-de-pau.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.