VOLTAR

Grupo inicia estudo para demarcação

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
06 de fev de 1980

Reuniu-se ontem, pela primeira vez, o Grupo de Trabalho criado pelo Ministério do Interior para coordenar e acompanhar as medidas necessárias à demarcação das terras indígenas no país. No encontro, foram selecionadas 40 áreas prioritárias, onde existem conflitos pela posse da terra. Em Vitória, José Sizenanda, liderança da etnia Tupiniquim, pediu ontem garantia de vida e segurança à Funai e à Polícia Federal, ao informar que está sendo ameaçado de morte desde que o órgão transformou a área onde vive em reserva indígena e informou que não pagaria indenização aos não-indígenas que também disputam a posse dessa terra. Isso criou dificuldades de convivências e tensão entre os Tupiniquim e os não-indígenas da região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.