VOLTAR

Funasa realiza seminário sobre feridas no Rio

Funasa - http://www.funasa.gov.br
22 de jul de 2010

Organizado pela equipe da Assessoria de Saúde Indígena da Coordenação Regional da Funasa no Rio de Janeiro (Core/RJ), o II Seminário sobre Feridas reuniu, na última quarta-feira (21), aproximadamente 200 profissionais de saúde no auditório do Ministério da Saúde, no Rio de Janeiro. Além de servir como oportunidade para troca de experiências, o seminário estimulou a solidariedade em benefício da população indígena aldeada do estado fluminense.

Para se inscrever no seminário, os interessados doaram cobertores e lençóis novos. No total, foram recolhidos 368 itens de cama, que serão transportados para as aldeias de Paraty-Mirim, Mamanguá, Rio Pequeno, Sapukai e Araponga, além do acampamento de Camboinhas.

O seminário foi aberto pelo coordenador regional Marcos Muffareg, que destacou o trabalho da Funasa nas comunidades do Rio de Janeiro: "A Fundação se preocupa bastante com a questão de saneamento nas áreas indígenas, porque sabemos a importância da água. Posso garantir que em todas as nossas aldeias temos água potável. Esse seminário tem uma dupla função: levar conhecimento para vocês, profissionais de saúde, e auxiliar no trabalho de fomento da cidadania dessa população tão necessitada".

Com o tema central do seminário "A pele pede proteção, feridas pedem cuidados e tratamentos", a presidente da Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética, Mara Blank, fez uma associação sobre a importância do gesto de solidariedade dos técnicos de saúde: "Esses cobertores farão a diferença na proteção a pele da população indígena".

Já a chefe da Assessoria de Saúde Indígena da Core/RJ, Bernadeth Von Shösten, enfatizou a relevância dos donativos para as condições de vida dos indígenas.

A mesa de abertura ainda contou com a vice-presidente da Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética, Celeste Dalia, e o índio do acampamento de Camboinhas, Amarildo Verareté.

Antes do início das palestras, houve ainda apresentações de reza e de dança indígenas.

Na avaliação da enfermeira da Funasa e organizadora do evento, Maria Gorete Pontes, o seminário foi um sucesso: "Foi ótimo, porque os profissionais de saúde tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas e atualizaram seus conhecimentos sobre novidades do setor. Isso resultará em um melhor trabalho de todos".

http://www.funasa.gov.br:8080/siscanot/noticias/not_2010/not.php?cod=553

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.