VOLTAR

Funasa capacita indígenas para uso de GPS nas aldeias

Funasa - www.funasa.gov.br
30 de out de 2008

Com objetivo de demarcar as terras indígenas para descobrir os melhores locais para futuras edificações, pontos de nascentes existentes e áreas de risco para saúde, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) implanta o uso do sistema GPS (Global Positioning System) nas aldeias indígenas de Angra dos Reis e Paraty, por meio do Projeto de Infra-estrutura Geoespacial Nacional (PIGN).

Em parceria com a Universidade de Brunswich (Canadá), IBGE, Fiocruz e Secretaria Estadual de Educação, o curso capacita 18 indígenas, entre professores, agentes de saúde (AIS) e de saneamento (Aisan), das aldeias de Sapukay, Araponga, Paraty-Mirim, Mamanguá e Rio Pequeno, além de profissionais que atuam nas áreas indígenas.

Após a realização de módulos teóricos, 8 técnicos do IBGE, 4 da Funasa, 3 da Fiocruz e 1 da Funai treinam os alunos indígenas para o manuseio do aparelho GPS nas aldeias. Além disso, eles aprendem como inserir no computador os dados geográficos obtidos.

Durante o curso, os indígenas receberam instruções sobre leitura de mapas, a partir de lições de coordenadas geográficas, representações numérica e gráfica de escala, medição de distâncias nos mapas, leitura de carta topográfica, localização dos serviços públicos essenciais (por exemplo, os ligados à Saúde) e estudo dos problemas ambientais por meio de fotos aéreas e mapas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.