VOLTAR

Funai refuta denúncia do governador mineiro

Folha de São Paulo
02 de jul de 1977

O presidente da Funai, general Ismarth de Araujo Oliveira, refutou ontem as críticas do governador de Minas à Funai. O governador denunciou a Funai que, segundo ele, através de sua delegacia no estado, teria autorizado a queima de casas de colonos na reserva indígena dos Tembé, no Alto Rio Guamá. O presidente do orgão indigenista irá tratar da questão com o ministro do Interior. Ele invocou em sua defesa o estatuto do índio e diz ser ilegal a presença dos colonos nas terras da reserva.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.