VOLTAR

Funai quer pessoal de nível adequado

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
01 de ago de 1971

Funai decide admitir, como encarregadas de postos indígenas, apenas pessoas de "bom nível cultural", provenientes de regiões urbanas, desprovidas de preconceitos contra os povos indígenas e que poderão contribuir para sua defesa e integração. Pessoas com essas características, ao entender do professor Roque Laraia da UnB, foram treinadas no curso de indigenismo promovido por essa universidade em parceria com a Funai. Agora, o órgão pretende abrir novos postos na região da Transamazônica, onde empregará os formados no curso.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.