VOLTAR

Funai propõe foro de causa indígena

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
06 de dez de 1975

O presidente da Funai, general Ismarth de Oliveira, afirmou que o problema da invasão de terras indígenas continua muito sério e de difícil solução, uma vez que mesmo as áreas já garantidas por decreto não merecem confiabilidade, pois nem sempre coincidem com as terras realmente ocupadas pelos povos indígenas. Ismarth defendeu que a demarcação de terras é umas das principais pautas da Funai e comentou o conflito envolvendo invasores de terras e Guajajaras no Maranhão.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.