VOLTAR

Funai processa missão americana

Diário de Cuiabá-MT
27 de set de 2001

Roubo de informações culturais, biopirataria animal e vegetal, exploração sexual. Essas são algumas das acusações que estão sendo feitas pelo escritório da Fundação Nacional do Índio (Funai) no Acre contra a Missão Novas Tribos do Brasil, de origem americana.As denúncias são do coordenador da União das Nações Indígenas no Acre, Francisco Batista. "Nossa cultura indígena e nossos recursos foram explorados por essa missão que dizia estar catequizando nossos povos", disse. Atuando no Acre há 30 anos, a missão impõe às comunidades seus costumes, o que causou sérios problemas com os índios Katuquinas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.