VOLTAR

Funai favoreceu senador, diz indigenista

Folha de S.Paulo, p. A-11 (São Paulo - SP)
Autor: BRASIL, Kátia
19 de dez de 2000

O chefe do Departamento de Índios Isolados da Funai, Sydney Possuelo, declarou ontem que houve troca de favores políticos entre o presidente da Fundação, Glênio da Costa Alvarez, e o senador Amir Lando (PMDB), na demissão do funcionário Altair José Algayer, que ocupava o cargo de chefe da Frente de Proteção Etno-Ambiental Guaporé. De acordo com Possuelo, o presidente recebeu pressões políticas para demitir Algayer. Alvarez sustentou que a demissão do funcionário foi um ato administrativo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.