VOLTAR

Funai desconhece ameaça no Maranhão

O Estado de São Paulo
14 de jun de 1977

O delegado da Funai no Maranhão disse não ter informações sobre a carta enviada pelos Guajajara à presidência do órgão, na qual os índios estabelecem o prazo para a retirada dos colonos de suas terras.
Os Gavião Parkatêjê querem uma indenização da Eletronorte por quase 700 pés de castanha e uma faixa de terra de 22 km de extensão localizados dentro de sua área, onde será instalada uma rede elétrica.
Há, ainda, a notícia de que vários Yanomami que habitam a Amazônia venezuelana foram mortos a tiros por um grupo de Yanomami da Amazônia brasileira.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.