VOLTAR

Funai confirma que grupo de 80 garimpeiros atua na área dos cintas-largas

Jornal do Brasil (RJ)
11 de jan de 1972

A nota oficial da Funai diz que seu presidente, General Bandeira de Melo, havia proibido a atuação dos garimpeiros em agosto de 71, "muito antes, portanto, do ataque".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.