VOLTAR

Funai apura denúncias de promiscuidade que ameaça os índios kreen-akarore

Jornal do Brasil
05 de jan de 1974

A antropóloga Valéria Parisi realiza um levantamento junto aos índios kreen-akarore, no vale do Rio Peixoto de Azevedo, para apurar se procedem as denúncias de promiscuidade com frentes de trabalhadores da Estrada Cuiabá-Santarém. Se as denúncias se confirmarem, os kreen-akarore poderão ser transferidos para o Parque do Xingu.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.