VOLTAR

Funai acha um cemitério primitivo

Correio Braziliense, p. 17 (Brasília - DF)
11 de mai de 1989

Funcionários da Funai encontraram na reserva indígena dos Xokó um cemitério indígena que pode remontar a milhares de anos. A primeira urna foi encontrada durante trabalhos de escavação para a construção de uma caixa d'água. O achado deverá chegar a Recife entre hoje ou amanhã para estudos mais aprofundados. Uma vez reconhecido o valor arqueológico desse cemitério, os estudos realizados podem ajudar os indígenas na disputa que travam na Justiça pela posse de seu território.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.