VOLTAR

FrutaSã vence o 3º Prêmio CEBDS de Desenvolvimento Sustentável

Centro de Trabalho Indigenista
19 de set de 2007

A fábrica FrutaSã, empresa da Associação Wyty Catë das Comunidades Timbira do Maranhão e Tocantins em parceria com o Centro de Trabalho Indigenista, foi anunciada hoje (19/09/07) como vencedora do 3o Prêmio de Desenvolvimento Sustentável do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, na categoria Pequenas Empresas.

A premiação reconhece e destaca a atuação da FrutaSã no desenvolvimento de atividades economicamente viáveis, ambientalmente responsáveis e socialmente inclusivas, constituindo-se como uma solução criativa e inovadora na construção de um ambiente mais justo para as populações da região. A fábrica é parte do Projeto Frutos do Cerrado, realizado pelo Centro de Trabalho Indigenista - CTI em parceria com os povos Timbira do Maranhão e do Tocantins.

A indústria beneficia frutas nativas do cerrado, coletadas através do esforço conjunto e inovador que comunidades indígenas e pequenos produtores realizam para preservar o Cerrado, paisagem da qual dependem para viver. Os frutos originam-se de áreas nativas e de plantio, com manejo orgânico e livre de agrotóxicos. O beneficiamento em polpa não inclui nenhum tipo de aditivo químico ou conservantes, garantindo-se a qualidade do produto.

A premiação ocorreu esta manhã no Salão Nobre da Petrobras, no Rio de Janeiro. Concorreram ao prêmio 286 iniciativas de todo o Brasil.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.