VOLTAR

FNS responsabiliza prefeituras

O Liberal - Belém - PA
27 de nov de 1999

A reportagem, que cobre a questão da dificuldade que vêm enfrentando os índios Tembé, da reserva do Alto Rio Guamá (PA), com as condições precárias de assistência médica, é dividida em três tópicos. Segundo o primeiro, a solução do problema depende de convênios que sejam firmados entre a FNS e as prefeituras dos municípios próximos às reserva indígena, o que não teria sido efetivado por parte das prefeituras, mas que, conforme ratificado na reportagem, acontecerá até o final do ano, segundo se esclareceu em reunião entre lideranças Tembé e a FNS. O segundo tópico traz a informação de que um técnico da FNS defende a inclusão dos índios no Sistema Unificado de Saúde, e explica as causas de ser do FNS agora a incumbência da saúde dos índios, que antes era da Funai. O terceiro discorre sobre o problema da devastação da reserva por causa das madereiras, e revela que o procurador Ubiratan Cazetta está formulando uma ação indenizatória para os índios por terem sido vítimas dessa exploração.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.