VOLTAR

Feira na capital destaca importância da cultura indígena

Secretaria de Educação do Estado de São Paulo - https://www.educacao.sp.gov.br
11 de set de 2019

Pequenos produtores e oficinas são atrações do evento que acontece nos dias 14 e 15 de setembro, das 10h às 19h.

Neste final de semana, a cultura e a gastronomia indígena irá invadir o Museu da Casa Brasileira. É a 12ª edição da Feira Sabor Nacional, que acontece nos dias 14 e 15 de setembro, sábado e domingo, das 10h às 19h, com entrada gratuita.

A feira irá mostrar a importância dessa cultura na culinária brasileira e mostrar a grande influência que a culinária brasileira carrega desta herança, notada no uso de temperos e produtos naturais, como gengibre, cominho, palmito, mandioca, abóbora, peixes e carne de caça. Pratos como tapioca, pirão e beiju são alguns exemplos da gastronomia nativa, cada vez mais presente na mesa dos brasileiros.

"O MCB promove iniciativas como a Feira Sabor Nacional que geram oportunidade de acesso e incentivam os empreendedores da economia criativa brasileira em diversos segmentos, com o intuito de propiciar o contato direto entre o pequeno produtor ou artesão e o consumidor final, de forma a colaborar com a sustentabilidade dessa cadeia produtiva", comenta Miriam Lerner, diretora geral do Museu

Representando a arte indígena, estarão na feira as 'Cerâmicas dos Wauja', habitantes do Parque Indígena do Xingu reconhecidos pela singularidade das peças que produzem, pelo grafismo dos cestos e pelas máscaras ritualísticas. O restaurante 'Embaixada Paraense' servirá pratos com receitas e ingredientes usados no dia a dia pelos povos indígenas, como a maniçoba e a moqueca de banana da terra.

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design.

https://www.educacao.sp.gov.br/noticia/lazer/feira-na-capital-destaca-i…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.