VOLTAR

Ex-governador do Acre deve indenizar índios

O Estado de São Paulo
09 de mai de 2000

Orlair Cameli, sua empresa Mamud Cameli & Cia e o empresário Abraão Cândido foram condenados ontem pelo juiz federal David Wilson Pardo a indenizar R$10,3 milhões os índios Ashaninka.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.