VOLTAR

Evento debate produção de energia solar em Roraima

Folha de Boa Vista - https://www.folhabv.com.br/noticia
21 de nov de 2018

Evento debate produção de energia solar em Roraima
Em primeiro encontro, grupo pretende levantar principais pontos sobre questões energéticas e debater potencialidade de energia sustentável

Por Ana Paula Lima

O Instituto Socioambiental (ISA) promove hoje (21), das 9h às 13h, no auditório do Aipana Plaza Hotel, o evento "Roraima Transição Energética", para debater a potencialidade de produção de energia sustentável no estado. Junto com representantes comerciais, agricultores e especialistas do setor eletricitário, o evento será um meio de encontrar novas opções de energia para serem aplicadas futuramente.

De acordo com o assessor do Instituto, Ciro Campos, colocar os representantes em contato vai dar a oportunidade de ampliar a conversa sobre energia eólica, que não pode ser limitado como uma questão ambiental e também como um ponto empresarial. Segundo ele, o estado de Roraima é classificado como um destaque na Região Amazônica pelo potencial solar e de ventanias, o que facilitaria a produção de energia mais saudável.

"A nossa fonte para sol e vento se assemelha mais aos estados do Nordeste, apesar disso, investimos muito pouco nisso. Os outros estados que têm o nosso potencial estão muito a nossa frente", disse o assessor. Campos prosseguiu informando que o estado tem uma grande área de savana e lavrado, tem mais sol que outros pontos da Amazônia.

O assessor justificou que mesmo sem a ligação com o Linhão de Tucuruí, a produção desse tipo de energia seria uma opção para aumentar os pontos comerciais no estado, pois não precisaria mais depender totalmente de energia oriunda da Venezuela e possibilitaria o investimento empreendedor no ramo local roraimense.

"Quando falamos nesses empreendedores, isso vai desde quem revende placas solares até quem vai querer montar uma grande fazenda de geração de vento e sol, semelhante como faz com a soja", pontuou. Dentre os palestrantes convidados, está a representante de uma das principais organizações que trabalham com energia solar, a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) dando ênfase a esse tipo de temática.

AGENDA - Além de representantes dos institutos especializados em energia sustentável, o evento contará também com a presença do presidente da Eletrobras Distribuidora Roraima, Anselmo Brasil, e um dos representantes da Oliveira Brasil, concessionária que comprou a distribuidora em um leilão. Por parte desses convidados, o ISA pretende ouvir sobre como está o panorama atual da energia em Roraima e as futuras perspectivas por parte da empresa.

"A gente imagina que a Eletrobras, que é a maior empresa de energia do estado, também vai ter interesse em saber as oportunidades de negócio que acontecem em outros estados, com questões de preços, financiamento. Porque ela é também uma investidora que paga pela energia gerada aqui e também tem interesse em gerar energia de forma local", relatou.

Ciro Campos classificou que durante muito tempo as energias alternativas foram vistas como uma forma apenas de diminuir os impactos ambientais, tornou-se também uma questão empresarial por reunir diversos setores de interesse, desde o consumo em massa até grandes empresas tradicionais. Com isso, o grupo pretende, depois do evento, formalizar uma agenda com outras reuniões para darem andamento nas conversas iniciadas neste primeiro encontro.

PROJETO - O Instituto Socioambiental, junto com o Instituto Federal de Roraima (IFRR), já está realizando o projeto "Eficiência Energética e Geração Distribuída em Boa Vista" que tem a previsão de durar mais um ano, onde serão realizados outros eventos que consigam colocar em prática o que foi debatido.

https://www.folhabv.com.br/noticia/Evento-debate-producao-de-energia-so…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.