VOLTAR

Estudo do Cimi transforma herói em vilão

Jornal de Santa Catarina
Autor: Ageu Vieira
28 de ago de 1988

A história oficial de Chapecó contempla a figura do cacique Kaingang Vitorino Condá com a condição de herói, que graças a sua ascendência sobre os indígenas que ocupavam os campos de Palmas até o rio Uruguai, conseguiu permitir a entrada do homem branco. Um estudo elaborado pelo Cimi traz informações importantes sobre a vida de Condá, revelando-o não como herói, mas sim como um traidor de seu povo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.