VOLTAR

Estação Ecológica da Juréia-Itatins tem área de proteção ambiental ampliada

Portal do Governo do Estado de São Paulo - http://saopaulo.sp.gov.br/
03 de jun de 2013

O Mosaico Juréia-Itatins, criado por lei sancionada no dia 8 de abril de 2013 pelo governador Geraldo Alckmin, amplia a área de proteção máxima na estação ecológica que leva o mesmo nome: passando 79.240 hectares para 84.425 hectares.

A lei ainda cria dois novos parques: Itinguiçu e do Prelado, que totalizam quase seis mil hectares. Alckmin salientou que os moradores têm um papel importante. "Os moradores tradicionais da região vão inclusive nos ajudar na conservação e na sustentabilidade."

A área é um dos últimos locais de São Paulo que abrigam praias arenosas, costões rochosos, manguezais, matas de restinga e florestas de baixada, de encosta e de altitude. Além de ser uma das poucas áreas remanescentes a abrigar uma rica e diversificada fauna, com presença de algumas espécies endêmicas e de espécies migratórias. Estas últimas utilizam as áreas protegidas da Juréia para descansar e se reproduzir.

Passam a incorporar os limites da Estação Ecológica da Juréia-Itatins áreas do Banhado Pequeno e Banhado Grande.

http://saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=229333&c=6

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.