VOLTAR

Encerrada as Olimpíadas Indígenas do Alto Solimões

Portal Amazônia - http://portalamazonia.globo.com
12 de fev de 2010

AMAZÔNIA - A primeira edição das Olimpíadas Indígenas do Eware área sagrada onde foi criado o povo Tikuna - foi encerrada na quinta-feira (11) à noite, na comunidade Belém do Solimões, em Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus), no Alto Solimões.

Desde o último domingo, quando foi oficialmente aberta, a competição reuniu indígenas de 12 a 35 anos de idade, de ambos os sexos, dos municípios de Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença e também de Tabatinga. Em disputa, modalidades tradicionais como arremesso de lança, subida e descida de açaí, arco e flecha, tiro com baladeira, Zarabatana; e não-tradicionais como futebol de campo, vôlei, queda de braço e atletismo.

A Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind) apoiou a iniciativa da Diocese do Alto Solimões, que também busca conscientizar a juventude indígena a respeito dos graves problemas que envolvem bebidas alcoólicas, violência, drogas e suicídio naquela região do Amazonas.

Resgate a cultura

As Olimpíadas tentam resgatar as práticas corporais tradicionais como esporte, brincadeiras, músicas e danças, que estão sendo deixadas de lado pelos jovens na localidade, além de incentivar a todos em relação aos cuidados que devem ter com o meio ambiente.

Os quatro municípios que disputam as Olimpíadas do Eware formam a maior população indígena de todo o Alto Solimões. Esta região é caracterizada pela demarcação de diversas terras indígenas, entre elas Vale do Javari, Bom Intento, Lauro Sodré, Porto Espiritual, São Leopoldo, Feijoal e Nova Esperança. Destaca-se pelo tamanho, a terra Eware, localizada no lado esquerdo do rio Solimões, e Eware 2, do lado direito.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.