VOLTAR

Empresa acusada de genocídio contra índios

Jornal de Brasília (Brasília - DF)
06 de dez de 1979

A reportagem trata da questão indígena no geral. Traz informações acerca do conflito fundiário envolvendo as etnias indígenas Tupiniquim e Guarani e a empresa multinacional Aracruz Celulose, no Espírito Santo; assim como aborda o conflito pela posse da terra da Fazenda Cafurna, no município de Palmeira dos Índios, envolvendo os Xukuru-Kariri, no estado de Alagoas; e a polêmica envolvendo o Parque Indígena do Xingu, o senador biônico Amaral Furlan, a Funai e o Cimi, no MT.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.