VOLTAR

Doença de pele desconhecida ataca índios em Minas Gerais

O Globo (Rio de Janeiro-RJ)
13 de out de 1980

Os 500 remanescentes dos índios Maxakali do Vale do Mucuri estão sofrendo de uma doença de pele não identificada, e há também casos de pneumonia, desidratação, desnutrição e alcoolismo, segundo informaram representantes da Pastoral Indígena da Arquidiocese de Teófilo Otoni.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.