VOLTAR

Dia de doar agora: 7 iniciativas para conhecer e apoiar

QG - https://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia
05 de mai de 2020

Dia de doar agora: 7 iniciativas para conhecer e apoiar
Campanha reforça a importância de ajudar os mais vulneráveis durante a crise
REDAÇÃO GQ

Nestas últimas semanas, a pandemia firmou presença para bem além dos contros urbanos brasileiros, afetando também a vida nas favelas e em aldeias indígenas espalhadas pelo país. A reação ao problema já se desenha na forma de coletivos, ONGs e lideranças, que recrutam apoio através de financiamento coletivo para minimizar os impactos da doença
Esta terça-feira (5) é dia de ajudar. A campanha Dia de Doar Agora, parte do movimento global #GivingTuesdayNow, motiva internautas a aproveitarem o momento de crise para ajudar o outro. Neste mesmo espírito, trazemos um compilado de ações que você precisa conhecer:

Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil)
A Covid-19 traz à comunidade indígena memórias de outras doenças como o sarampo e a varíola, cujo impacto desde a época do descobrimento foi brutal. A diferença é que esta doença traz incertezas que surgem bem antes de sua chegada às aldeias.
A Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), abriu financiamento coletivo para dar apoio a estes povos, oferecendo alimentos, remédios e material de higiene. O grupo, que dialoga com mais de mil lideranças indígenas do país, está por trás também do Acampamento Terra Livre (ATL), maior mobilização de povos do Brasil. Doe aqui

Associação Terra Indígena Xingu (Atix)
O Xingu é composto por algumas das comunidades indígenas mais isoladas do Brasil, mas mesmo assim trata-se de pessoas que se mantém em contato com cidades da região para fins de comércio e recebem ONGs de todo o país. Em dias de pandemia, no entanto, esses povos estão em completo isolamento.
A ATIX-Mulher planeja levantar fundos via financiamento coletivo para adquirir materiais básicos de higiene, ferramentas e produtos alimentícios. "Há a necessidade apoio, especialmente para as mulheres indígenas, que tem a sua contribuição fundamental como guardiãs do bem-estar das famílias indígenas", diz a Associação em sua página. Doe aqui

Instituto Socioambiental (ISA)
Além destas duas iniciativas, o Instituto Socioambiental (ISA) reúne um apanhado de outras ações de apoio a estas comunidades através de seu portal. São dezenas de campanhas em prol de povos diversos espalhados pelo Brasil.

Redes da Maré
Através da campanha Maré diz NÃO ao Coronavírus, a ONG arrecada alimentos, itens de higiene, de limpeza e recursos financeiros para apoiar famílias do Complexo de Favelas da Maré (RJ), onde moram cerca de 140 mil pessoas.
Até o último dia 4, foram 2.868 cestas básicas distribuídas pela ação e outras 1.800 quentinhas distribuídas a pessoas em situação de rua.
As doações podem ser feitas por depósito bancário nas contas abaixo.
Associação Redes de Desenvolvimento da Maré
CNPJ: 08.934.089/0001-75
- Banco do Brasil - 001 | AG: 0576-2 | CC: 160.568-2
- Itaú - 341 | AG: 0023 | CC: 543.38-2
Corona no paredão, hoje não
Esta campanha da ONG Gerando Falcões atua de forma ampla em comunidades vulneráveis espalhadas pelo país. Através dela, o internauta pode comprar 'cestas básicas digitais', vale-compras que as famílias podem trocar por alimentos e itens de higiente em suas próprias comunidades.
A ideia vai por dois lados: a primeira manter o isolamento social e achatar a curva de disseminação enquanto se garante a alimentação e higiene dessas famílias nos próximos 3 meses. A segunda é fazer as economias locais girarem, mantendo mercados e armazéns do bairro ativos - e seguros. Doe aqui
Juntos Transformamos
A Juntos Transformamos, idealizada pela XP Inc., tem como objetivo arrecadar 50 milhões para ajudar famílias em situação vulnerável durante a pandemia. A iniciativa já conta com mais de 3,8 mil doadores e já atingiu 62% da meta (ou R$ 31,4 mi).
"Esse movimento nasce com a XP Inc., porém, queremos que seja muito maior. Não estamos fazendo apenas uma doação, mas iniciando um movimento nacional de apoio à população brasileira. Nós precisamos nos unir", disse em recente conversa com a GQ Gulherme Benchimol, CEO da XP Inc. Doe aqui
Adote uma diarista
As redes Emprega Comunidades, de Paraisópolis, e o G10 das Favelas, realizam uma ação em prol das trabalhadoras domésticas em SP - em particular, as diaristas. A ideia é oferecer ajuda a estas trabalhadoras autônomas, que tiveram que se distanciar do trabalho e são fundamentais para a economia das famílias. Até o começo deste mês, foram 100 diaristas adotadas - cada uma recebe R$ 300 mensais, além de kit higiene e kit alimentação por 3 meses. Doe aqui

https://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia/2020/05/dia-de-doar-agora-6…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.