VOLTAR

Descrentes da Funai, índios demarcam suas terras

O Globo (Rio de Janeiro-RJ)
Autor: Chico Otavio
20 de set de 1997

Cansados dos constantes atrasos no cronograma de demarcação das terras indígenas, os grupos indígenas amazônicos decidiram fazer o trabalho por contra própria. Com dinheiro de uma instituição alemã e ajuda de satélite, os índios Kulina do sul do Amazonas assumiram um trabalho que caberia a empresas contratadas pela Funai: a delimitação de uma reserva de 570 mil hecares no município de Eirunepé. Animados com o resltado, os líderes indígenas querem agora ampliar a experiência para outras reservas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.