VOLTAR

Descoberta uma comunidade de 500 índios em Alagoas

Jornal de Brasília (Brasília - DF)
24 de fev de 1981

Comunidade Tingui-Botó preserva parcialmente sua língua tradicional e certos rituais como o Ouricuri, que desperta curiosidade na região. O relatório da Comissão Pró Índio também apresenta as dificuldades relativas à exploração da mão de obra indígena por fazendeiros vizinhos à reserva indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.