VOLTAR

Delegado da Funai queima ponte na reserva Tembés

O Liberal
12 de set de 1980

Um delegado da Funai queimou as cabeceiras de uma ponte sobre o rio Tauari, impedindo o acesso de veículos à reserva dos Tembé, no Alto Rio Guamá, a fim de evitar maiores conflitos. A situação lá está crítica, conforme se alastra um conflito entre índios, posseiros e o fazendeiro Meger Kabacknicz. Em gravações trazidas por antropólogos, os índios Tembé relatam que o desmatamento anda acelerado, sendo possível ouvir o ruído das serras elétricas de suas casas. A reserva já perdeu, para fazendeiros e posseiros, uma faixa de 9 quilômetros de largura por 14 de comprimento.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.