VOLTAR

Daltinho alerta sobre conflito na Gleba Porto Velho em Cofresa

Notícias NX - http://www.noticiasnx.com.br
24 de mai de 2010

Em recente visita a Gleba Porto Velho, na divisa da área indígena Urubu Branco, em Confresa o deputado Adalto de Freitas Filho- Daltinho (PMDB) verificou "in loco" o clima de tensão que ronda a localidade.

"A situação é de total instabilidade e insegurança, pois a qualquer momento poderá haver um confronto entre os parceleiros da gleba e servidores da Funai que se encontra em campana no local", alertou o deputado.

Os servidores da Funai alegam que há divergências entre Funai e parceleiros na medição da área. Os parceleiros apresentaram ao deputado documentos (fotos) mostrando funcionários da Funai, revestidos do poder de autoridades, numa ação truculenta e à margem da lei, cometeram arbitrariedades com as famílias de trabalhadores ali existentes.

Cerca de 50 famílias foram desapropriadas e tiveram suas casas e plantações destruídas que devido ação "truculenta" como foi conduzida à operação, gerou nos trabalhadores um sentimento de fazer "justiça com as próprias mãos". Daltinho atribuiu tudo isso devido à morosidade do Estado na resolução do problema fundiário existente, tema este que tem defendido sempre na Assembléia Legislativa.

O deputado peemedebista levou o caso ao conhecimento do secretario de Justiça e Segurança Publica Diógenes Curado, bem como do comandante da PM da região do Araguaia, Cel Brito Junior e pediu a retirada dos policias, uma vez que nesse caso não compete a Policia Militar atuar, e sim, a Policia Federal. "A policia militar de Mato Grosso não pode servir de escudo para operações como esta", destacou.

Daltinho defende que a área que não pertence ao Decreto Federal conforme homologado em 08/07/1998 deve ser feita a reintegração de posse dos parceleiros.

A Reserva Indígena Urubu Branco que faz limites com a gleba Porto Velho tem área total de 157 mil hectares e foi declarada de ocupação indígena, assim como homologada a demarcação, pelo Decreto Federal de 08 de setembro de 1998. Ela fica ás margens da BR-158, distante 35 km de Confresa.

http://www.noticiasnx.com.br/2010/index.php?option=com_content&view=art…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.