VOLTAR

Culpados pelo massacre em Rondonia: os Caripunas

O Estado de São Paulo (São Paulo - SP)
09 de out de 1972

Não foram índios suruí os que flecharam uma mulher e duas crianças dia 4, quarta-feira, num seringal à margem esquerda do rio Machadinho, no território de Rondônia. Segundo o sertanista Apoena Meirelles, foram karipunas. Em Cuiabá, comenta-se que o incidente pode estar relacionado com o movimento de colonos que, diariamente, chegam em diversos caminhões para se instalar em terras cedidas pelo INCRA. Os karipuna estariam transitando de uma região a outra evitando a aproximação com os colonos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.