VOLTAR

Covid-19 e crise ambiental e sanitária na Amazônia é tema de webinário realizado por UNFPA e ABEP

UNFPA - https://brazil.unfpa.org/pt-br/news
22 de jun de 2020

Covid-19 e crise ambiental e sanitária na Amazônia é tema de webinário realizado por UNFPA e ABEP
O evento ocorre nesta quarta-feira (24), a partir das 15h, no canal do UNFPA Brasil no youtube

O crescimento do desmatamento, da violência, de doenças e mortes de lideranças tem ocupado o noticiário já há alguns meses, mas desde que a pandemia da Covid-19 se instalou, houve uma intensificação que se somou a uma crise sanitária. A desigualdade de acesso e de oferecimento aos serviços de saúde se apresentou de forma dramática e ficou claro o desmonte e corte de verba de órgãos fundamentais na distribuição mais equitativa dos serviços de saúde. Assim, ficou em evidência o aprofundamento do desmonte, aparelhamento e corte de verbas dos órgãos de proteção às áreas e aos povos tradicionais permitindo o espalhamento do vírus através de entradas ilegais em áreas de proteção, territórios indígenas e quilombolas.

Diante deste cenário, a Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA Brasil) realizam nesta quarta-feira (24), a 9ª edição da série População e Desenvolvimento em Debate. Intitulado Covid-19 e a crise ambiental e sanitária na Amazônia, será discutido o acirramento das desigualdades e ameaças na região a partir da relação fundamental entre população e ambiente que constituem este espaço.

Assista a transmissão do webinário no canal do UNFPA Brasil no Youtube: https://youtu.be/Pfq9g7gjTNE
Caso queira receber o certificado de participação e ter acesso às apresentações do webinário, inscreva-se em: https://bit.ly/2AYRg9X

https://brazil.unfpa.org/pt-br/news/covid-19-e-crise-ambiental-e-sanita…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.