VOLTAR

Cooperação para proteger o patrimônio imaterial

Revista Museu - www.revistamuseu.com.br/noticias/not.asp?id=20809&MES=/8/2009&max_por=10&max_ing=5
20 de ago de 2009

DISTRITO FEDERAL, Brasília - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e o Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento - IRD (Institut de Recherche pour le Developpement) assinaram, dia 19 de agosto, um termo de cooperação técnica para ampliar e aprimorar as ações do Brasil e da França na área da salvaguarda do patrimônio cultural imaterial.

O primeiro fruto do acordo assinado é a realização do Seminário Patrimônio Cultural e Sistemas Agrícolas Locais. O evento, que faz parte do calendário de atividades do ano da França no Brasil, acontecerá de 19 a 20 de novembro de 2009.

Tema central do seminário, a noção de sistema cultural, muito mais ampla que a de bem cultural - que é utilizada atualmente, está presente em outro projeto a ser beneficiado pelo trabalho conjunto das duas instituições. Trata-se do registro do Sistema Agrícola Tradicional do Rio Negro, no Amazonas. Desenvolvido em parceria com a Associação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Negro - ACIMRN, está sendo feita uma pesquisa na cidade de Santa Isabel do Rio Negro - também conhecida como Tapuruquara - e em comunidades indígenas situadas ao longo do rio, além da instrução do processo de registro para reconhecer todo o sistema agrícola da região como patrimônio cultural brasileiro.
Este projeto conta ainda com a participação da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro - FOIRN e o Instituto Socioambiental - ISA.

Fonte: Ascom Iphan

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.