VOLTAR

Conferência sobre educação indígena inicia sexta-feira

Folha de Boa Vista - http://www.folhabv.com.br/fbv/noticia.php?id=58651
25 de mar de 2009

A primeira Conferência Municipal de Educação Escolar Indígena acontece na sexta-feira, 27, no malocão da comunidade Campo Alegre. A programação começa às 8h, quando serão discutidas as decisões e propostas abordadas nos três encontros realizados na última semana nas comunidades atendidas pela Prefeitura de Boa Vista.

Os debates contam com a participação dos 25 educadores indígenas das 11 unidades escolares mantidas pela Prefeitura. Os professores e coordenadores pedagógicos vão avaliar as necessidades e as propostas mais pertinentes para a melhoria do ambiente escolar indígena.

A Conferência também vai abordar os temas que norteiam a educação indígena neste ano: Como e porque queremos a escola; O que já conquistamos; O que queremos hoje para a nossa educação e O que podemos fazer para conseguir a educação que queremos.

"As escolas indígenas tem uma estrutura diferente das escolas de Boa Vista e necessitam sempre dessas discussões para melhorar a estrutura de ensino. É importante que conteúdo seja escolhido pela própria comunidade e pelos professores, determinando metas e diretrizes a serem cumpridas durante os dias letivos, de forma igualitária", diz Cristiana Vicente, coordenadora municipal de Educação Ambiental e Indígena, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Também serão esclarecidas dúvidas e elaborado um único documento que será enviado para a I Conferência Estadual de Educação Escolar Indígena, sem data definida ainda. Além disso, serão eleitos os delegados que representarão Boa Vista na I Conferencia Regional de Educação Escolar Indígena.

Em setembro, será realizada a I Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena, em Brasília, quando serão reunidas todas as sugestões e recomendações para uma Educação Indígena de qualidade no país.

Atualmente, a Prefeitura atende a cerca de 280 alunos em três escolas e oito anexos nas comunidades Vista Alegre, Vista Nova, Ilha, Morcego, Bom Jesus, Truaru da Cabeceira, Darora, Serra da Moça, Milho, Lago Grande e Campo Alegre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.