VOLTAR

Conferência discute propostas de educação indígena em Queimada Nova

Governo do Piauí- http://www.piaui.pi.gov.br
Autor: Willame Lucas
26 de nov de 2016

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizou o segundo momento para a conferência que vai tratar da educação na comunidade indígena. O encontro foi realizado nesta sexta-feira (25), na Unidade Escolar Tomaz Francisco de Sousa, no município de Queimada Nova.

Assim como a conferência realizada com os índios Tabajaras, da região de Piripiri e Lagoa do São Francisco, a atividade dessa sexta faz parte da etapa que antecede a II Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena (Coneei) e da etapa regional que será realizada em Fortaleza e que engloba o Território Etnoeducacional Potirõ.

De acordo com o professor Cláudio Rodrigues de Melo, técnico na gerência de inclusão e diversidade da Seduc, a expectativa é que os trabalhos possam ser dinâmicos e propositivo diante da mobilização na comunidade. "A ideia é que o Piaui participe de forma propositiva na II Coneei, tendo como este momento preparatório na comunidade educativa e, posteriormente, na regional em Fortaleza. Foi um encontro positivo com a participação de professores, alunos e a comunidade. O pontapé inicial da própria Seduc será a criação de um setor que possa alavancar o processo de estabelecimento da educação indígena no Piauí", afirmou.

O encontro discutiu temáticas sobre a organização e Gestão da Educação Escolar Indígena; Práticas Pedagógicas Diferenciadas na Educação Escolar Indígena; Formação e Valorização dos Professores Indígenas; Políticas de atendimento à Educação Escolar Indígena na Educação Básica e Educação Superior e Povos Indígenas.

A índia Maria Francisca Pereira Ferreira, da comunidade Kariri de Serra Grande, comemorou a iniciativa do Governo Estadual de abrir o debate para as políticas de atendimento e valorização da educação escolar indígena "Nós, da (comunidade) Kariri de Serra Grande, estamos participando pela primeira vez em nossa história como comunidade indígena. Tomamos conhecimento dos responsáveis pelas políticas públicas educacional para os povos indígenas e destas discussões por meio da conferência. Será muito rico para a comunidade e nos incentivará a estar valorizando nossa identidade e cobrar os direitos que temos", falou.

Ao final dos debates foram lidos as propostas e escolhidos os membros representantes das comunidades para a assembleia indígena e, posteriormente, serão encaminhados os líderes para a conferência regional. As categorias de representantes são: alunos, professores, profissionais de gestão escolar, lideranças e sábias indígenas, pais, mães ou responsáveis.

http://www.piaui.pi.gov.br/noticias/index/id/28550

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.