VOLTAR

Cinco índios já estão presos no caso do duplo homicídio em Cruzeiro do Sul

O Rio Brasnco-Rio Branco-AC
05 de out de 2005

Cinco índios já estão recolhidos no presídio de Cruzeiro de Sul, eles que foram acusados de envolvimento no conflito que aconteceu nos último domingo, quando o indígena Alberto Cavalcante Katuquina, 32, foi assassinado a golpes de facão e faca e Francisco de Jesus Silva, 48, assassinado a pauladas pelos índios. O fato que aconteceu no ramal Sete, na periferia da cidade de Cruzeiro do Sul.

Ontem, um defensor esteve em Cruzeiro do Sul e é possível que consiga com um habeas-corpus fazer com que os indígenas respondam pelo processo em liberdade, alegando que eles foram induzidos a cometer a brutalidade. Por outro lado, o principal acusado de matar o índio é um filho dae Francisco de Jesus, que até a manhã de ontem ainda não havia se apresentado à polícia, porém seu advogado já tinha anunciado que o apresentaria.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.