VOLTAR

Cimi condena acordo do Minter com os Kaiapó

Correio Brasiliense (Brasília - DF)
08 de mai de 1985

O Conselho Indigenista Missionário divulgou uma nota em que questiona o Ministério do Interior com relação ao acordo estabelecido com os kayapó, após este negar uma audiência aos índios Kaiabi, de Mato Grosso, que há mais de dois meses lutam contra a construção de uma hidrelétrica em seu território. O Cimi afirma que esta mediação é função da Funai, e que a mediação do Minter se deve à pressão pela volta dos garimpeiros à área indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.