VOLTAR

Cercas ilusórias da conservação da natureza

Correio Braziliense
Autor: Nurit Bensusan e Marco Antonio Gonçalves
17 de abr de 2001

Será que a conservação da biodiversidade e a ocupação por uma área por populações humanas são interesses forçosamente excludentes, como defende o modelo ocidental tradicional de proteção da natureza aplicado no Quênia?

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.