VOLTAR

CDH deve acompanhar situação de povos indígenas do Amazonas

Vermelho - http://www.vermelho.org.br
17 de mar de 2014

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara dos Deputados deve acompanhar a situação dos povos indígenas Tenharin, Juahui, Parintin, Mura, Mura Pirahã, Miranha, Torá e Apurinã, no estado do Amazonas. O pedido foi feito pelo deputado Padre Ton (PT-RO), em razão do estado de insegurança vivenciado na Terra Indígena Tenharin/Marmelo, após o assassinato de três pessoas na região.

"Apresentei requerimento para uma visita de integrantes da comissão a pedido do vice-coordenador da Organização dos Povos Indígenas do Alto Madeira, Nilcélio Jiahuí, e do secretário de Assuntos Indígenas de Humaitá, Ivanildo Thenharin, que estão muito preocupados com a onda de violência e ódio aos povos indígenas após o desaparecimento e descoberta dos corpos de três pessoas", destaca Padre Ton, coordenador da Frente Parlamentar de Apoio aos Povos Indígenas.

No documento encaminhado pelo deputado, o líder indígena Tenharin retrata ter consciência de que ocorreu um crime na região, já que as vítimas foram encontradas após muitos dias, ressaltando que os povos indígenas sempre colaboraram com as investigações. "Inclusive temos cinco parentes presos, mas não podemos conviver com núcleos urbanos, como Santo Antonio do Matupi e Humaitá, contrários à nossa presença física e cultural, porque não somos criminosos".

O requerimento do deputado Padre Ton foi apresentado à CDH na semana passada e deverá ser votado nesta quarta-feira (19).

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=237928&id_secao=1

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.