VOLTAR

Cartilha na língua indígena previne aids

A Crítica (Manaus-AM)
27 de ago de 1998

Um grupo de 13 índios Guarani Ñandeva e Guarani Kaiowá escreveu, em guarani e sob a orientação de professores da Universidade Católica Dom Bosco, duas cartilhas sobre prevenção à Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis. As cartilhas serão distribuídas a partir de quarta-feira na RI Dourados, no Mato Grosso do Sul.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.