VOLTAR

Caingangues fazem bloqueio na RS 324

Correio do Povo-Porto Alegre-RS
10 de ago de 2002

Os 300 índios caingangues que bloquearam o trânsito na RS 324, na entrada para Planalto, prometem manter a manifestação até segunda-feira, quando estarão esperando por representantes do Daer para entregar uma pauta de reivindicações. A rodovia foi obstruída no início da noite de quinta-feira, depois que uma índia de 11 anos foi atropelada e morta por uma caminhonete S10, dirigida por um procurador do Estado de 27 anos. Ele prestou socorro à vítima, mas a menina chegou sem vida ao hospital de Planalto.
Quando o motorista prestava depoimento na Delegacia de Polícia, cerca de 30 caingangues, armados com porretes, tentaram invadir o local. O delegado Gilmar Scheide disse que ele e colegas conseguiram contornar a situação 'após longa conversa'. O procurador foi levado para Frederico Westphalen. Os caingangues alegam que principalmente as crianças estão em permanente perigo de atropelamento em função do alto fluxo de veículos. Eles querem que o Daer construa mais quebra-molas sobre a rodovia, bem como a construção de uma estrada para ser utilizada pelas 30 famílias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.