VOLTAR

Cacique Juruna: Um brasileiro para presidente

Folhetim - Folha de São Paulo (São Paulo/SP)
25 de dez de 1977

Numa entrevista à Folha de São Paulo, o Cacique Mário Juruna expõe seu ponto de vista sobre a questão indígena no Brasil. São levantados pontos sobre a negligência, o interesse no estrangeiro e o desinteresse no povo brasileiro ("índio, caboclo, gente que sofre"), as promessas ricas e as ações pobres por parte do governo; o interesse do "homem branco" nas terras indígenas; as instâncias que contata para solicitar suas reivindicações pelos índios; como tornou-se cacique de seu povo; desigualdade social e política; e finaliza argumentando o que faria se fosse Presidente da República.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.