VOLTAR

Briga terminada

O Eco
07 de Mar de 2007

O secretário de Meio Ambiente do Pará, Valmir Ortega, revelou que o impasse sobre a criação da Reserva Extrativista Renascer, na região centro-norte do estado, chegou ao fim. A gestão de Ana Júlia Carepa (PT) decidiu apoiar a demarcação da reserva pelo Ibama e não vai mais brigar pela implantação de uma floresta estadual na mesma área. Segundo Ortega, ainda está planejada a criação de uma unidade de conservação estadual na região, mas ela formará um mosaico com a Renascer.

Como o governo do Pará não oferece mais resistência à criação da reserva extrativista Renascer, a Secretaria de Meio Ambiente (Sectam) vai pedir ao Ministério Público Federal que interrompa a ação civil que move contra Ibama e a administração estadual. No processo, os promotores buscam proibir a implantação de uma floresta estadual e dão ao órgão federal um prazo de 30 dias para que estabeleçam os limites da reserva extrativista. "Isso não é compatível com todos os estudos e demarcações necessárias", diz o secretário Valmir Ortega, que era o responsável por unidades de conservação no Ibama até o ano passado.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.