VOLTAR

Bispo de Dourados denuncia "prisões arbitrárias e até mortes" em reserva indígena

Jornal do Brasil (RJ)
06 de mai de 1976

A CNBB divulgou ontem a denúncia do Bispo Dom Teodardo Leitz, segundo o qual "estariam acontecendo graves irregularidades [na Reserva Indígena de Dourados, MS], inclusive prisões arbitrárias, trabalhos forçados, espancamentos, sevícias e até mortes".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.