VOLTAR

Ataque aos bororos não afeta a demarcação

O Estado de São Paulo
Autor: Eliana Lucena
18 de jul de 1976

Em reunião entre o presidente da Funai e a cúpula do Cimi, foi decidido que, apesar do ataque e das mortes ocorridos em Merure, os trabalhos de demarcação terão continuidade. A notícia trata também de conflitos existentes entre índios e posseiros na Amazônia, decorrentes da sua exploração econômica e das dificuldades de organismos como a Funai e o Incra em resolver essas questões.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.