VOLTAR

Assembleia aprova criação de Unidade de Conservação no Boa Vista

Jornal do Vale do Itapocu - http://www.jdv.com.br/
29 de nov de 2017

Assembleia aprova criação de Unidade de Conservação no Boa Vista

Jornal do Vale do Itapocu

Os prefeitos e ou representantes do Vale do Itapocu aprovaram a criação de uma Unidade de Conservação na região do Morro Boa Vista. O trabalho é liderado pela Fujama com o envolvimento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Amvali, Fatma e Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável de SC. A ideia é criar a UC acima da cota 600 m. Ela é parte integrante de um amplo programa que inclui a regularização fundiária, revitalização da região das antenas, implantação de infraestrutura ao turismo, esporte e lazer.

O enquadramento será na categoria monumento natural. Segundo o presidente da Fujama, Normando Zitta, "para agilizar o processo de criação, serão criadas três unidades de conservação contíguas (Jaraguá do Sul, Massaranduba e Guaramirim) formando um mosaico, onde assim teremos a cobertura do Pico acima da cota 600m, pois a região pertence aos três municípios".

Todos os estudos técnicos necessários estão sendo desenvolvidos pela equipe da Fujama e contemplam o levantamento da fauna, flora, hidrografia e relevo; devendo ser concluídos em março e a implantação efetiva em agosto de 2018. A criação da Unidade de Conservação, além de valorizar a grande beleza cênica da região, aumentará a proteção ecológica da área e trará melhorias para a exploração turística do local, seja com a prática de esportes ou o turismo religioso. O Boa Vista possui o segundo local de turismo religioso mais visitado em SC, somente atrás do Santuário Santa Paulina, em Nova Trento.

http://www.jdv.com.br/noticia/7608/assembleia-aprova-criacao-de-unidade…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.