VOLTAR

Assassino de Chico Mendes ficará preso em Brasília

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
03 de jul de 1996

Darly Alves da Silva, assassino de Chico Mendes, ficará preso no Presídio de Papuda (DF) e perderá os 1.300 hectares que comprou de trabalhadores sem-terra assentados pelo Incra no Pará, onde esteve foragido após sua fuga do presídio de Xapuri (AC).

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.