VOLTAR

Área do Índio do Buraco em Rondônia é ampliada

Funai
07 de nov de 2006

A Funai (Fundação Nacional do Índio) expediu portaria para interditar a área onde vive o chamado "Índio do Buraco", no sudoeste de Rondônia, o último remanescente de uma etnia desconhecida que vive ainda sem contato com a sociedade nacional. A Terra Indígena Tanaru, como passará a ser conhecida a propriedade, ampliou em aproximadamente três mil hectares a antiga proteção jurídica do território, hoje com 8.070 há. Publicada no Diário Oficial no dia 30 de outubro, a Portaria no 1371 impede o ingresso de qualquer pessoa na área, considerada de uso exclusivo do indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.